Síntese do Artigo: Sobre Psicologia Organizacional e Gestão por Competência: Um enfoque comportamental de Eduardo Alencar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Síntese do Artigo: Sobre Psicologia Organizacional e Gestão por Competência: Um enfoque comportamental de Eduardo Alencar

Mensagem  Suzana.Figueiredo em Sex Fev 26, 2010 4:45 pm

Através do link http://www.redepsi.com.br/portal/modules/smartsection/item.php?itemid=443 leia o artigo Sobre Psicologia Organizacional e Gestão por Competência: Um enfoque comportamental de Eduardo Alencar e faça uma síntese reflexiva dando destaques as afirmações presentes no artigo e relacionando com exemplos cotidianos. Não se esqueçam de fazer a síntese individual e depois escolher a síntese de outro acadêmico e realizar algum destaque.
avatar
Suzana.Figueiredo
Admin

Mensagens : 8
Data de inscrição : 20/02/2010

Ver perfil do usuário http://tecgrh.forumeiro.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Síntese do Artigo: Sobre Psicologia Organizacional e Gestão por Competência: Um enfoque comportamental de Eduardo Alencar

Mensagem  suzianebcb em Sab Fev 27, 2010 8:21 am

Entendi que a psicologia organizacional nos úlimos tempos, as competências tornaram-se um diferencial tanto para as organizações quanto para os profissionais. Hoje em dia existem empresas que valorizam a política de Recursos Humanos utilizando a gestão por competências, este processo permite alcançar os objetivos através do alinhamento entre a missão, a visão, os valores, a estratégia do negócio e do capital humano. Esta busca pela maximização de resultados que as empresas estão
repensando seus modelos de administração e investindo cada vez mais no patrimônio e no capital intelectual. O grande desafio tornou-se buscar e preparar as pessoas que ajudarão atingir os resultados, identificando as competências que vão garantir a manutenção do sucesso no presente e no futuro.
O melhor resultado é quando empresa e funcionário andam juntos para o sucesso da empresa e um funcionario satisfeito com o seu serviço e suas gratificações recebida pelo seu desempenho.

suzianebcb

Mensagens : 6
Data de inscrição : 27/02/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

SOBRE PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL E GESTÃO POR COMPETÊNCIAS: UM ENFOQUE COMPORTAMENTAL

Mensagem  Regiane Batista em Dom Fev 28, 2010 5:36 pm

A leitura do texto “Um enfoque comportamental" de Eduardo Alencar, contribuiu para a compreensão da evolução da Administração de Recursos Humanos e sua intrínseca relação com a Psicologia. Há ênfase na observação do indivíduo no ambiente de trabalho, que evoluiu de Psicologia Industrial para Psicologia Organizacional, com maior abrangência, abrindo caminho para as práticas utilizadas na atualidade e criação de ferramentas que possibilitam observar e avaliar o comportamento das pessoas, como por exemplo a Gestão por Competências.
Compreendo que a Psicologia Organizacional é utilizada no cotidiano empresarial para analisar esse comportamento por intermédio dos diversos subsistemas de RH.
Entre eles:
•As definições de perfis para recrutamento e as variadas formas de entrevistas de seleção que analisam o comportamento dos candidatos que pretendem ingressar na empresa, que observam competência, conhecimento, comunicação verbal, gestos e até vestuário.
•Avaliações de desempenho e indicadores que possibilitam medir a atuação do colaborador em relação às atividades que realiza e suas relações interpessoais que contribuem para a detecção de potencial a ser desenvolvido.
•A Psicologia Organizacional é fator que deve nortear a ação da Administração de Recursos Humanos e a utilização da ferramenta de Gestão por Competências, a prática de T&D, com o objetivo de reter talentos e estimular o desenvolvimento profissional e pessoal do colaborador, são fatores que impactam a produtividade do colaborador e a competitividade da empresa.
•Outras questões como Participação nos Lucros e Resultados, Planos de Cargos, Carreiras e Salários, premiações e recompensas também são estruturadas a partir de análises do comportamento, das teorias sobre Psicologia nas quais se fundamentam a Psicologia Organizacional, correntes que influenciaram e influenciam as organizações de um modo geral: Behaviorismo, Gestalt e Psicanalise.

Compreendo que faz parte da própria evolução do ser humano as teorias e práticas da Psicologia, em contribuição à compreensão do ser humano e aos mais diversos tipos de organizações, ao considerar que o homem responde a estímulos e que esses estímulos podem gerar resultados positivos ou negativos, quando analisa o homem como um todo indivisivel e quando analisa o ser humano agindo por instinto, capaz de observar a realidade externa e formar um padrão do que é certo ou errado e ser juiz de seus atos.
A Psicologia Organizacional visa à integração dos objetivos dos colaboradores com os objetivos da empresa, monitorando o comportamento humano, atuando de forma a desenvolver pessoas capazes de serem gerenciadas por si mesmas, conscientes de seus papéis, de suas capacidades e limites, direitos e deveres e na mediação de conflitos que prejudicam o alinhamento dos objetivos das partes envolvidas.
Importante observar que a busca pelos resultados deve-se basear em Administração Participativa e que muitas empresas ainda não consideram o RH um agente de mudança, ignorando o fato de que para haver “respostas” deve haver “estÍmulo”, que cada organização, pela complexidade de seus processos, requer uma avaliação particular, para que a utilização das ferramentas alcancem os objetivos esperados.
Nem sempre o mesmo tipo de incentivo consegue alcançar as necessidades do grupo, alguns anseiam por incentivo salarial, outros por recompensa, ascensão, reconhecimento e por intermédio da Gestão por Competência é possível identificar os que possuem potencial a ser desenvolvido, lembrando que é obrigação de cada profissional na atualidade também buscar o seu próprio desenvolvimento. A empresa ao incentivar o colaborador contribui para a integração dos objetivos. Penso que os incentivos salariais são mais utilizados por que busca-se um resultado imediato. Porém nem sempre isso acontece. O processo de mudança leva tempo, requer esforços, que muitas vezes não custam dinheiro. Existem outros incentivos capazes de resultar em mudança de comportamento. Isso requer tempo, estrategia e mudança de mentalidade daqueles que se assentam nas esferas mais altas da pirâmide. A implantação de uma Administração de Recursos Humanos deve ser considerada o núcleo, a força capaz de modificar a personalidade de uma empresa, com a utilização de ferramentas adequadas, capazes de transformar a cultura organizacional da empresa, a estratégia utilizada para conduzir as pessoas vai definir o sucesso ou fracasso de uma organização, sendo que Gestão de Recursos Humanos e Psicologia Organizacional estão absolutamente interligadas.
Regiane Batista
RA 163452


Última edição por Regiane Batista em Qua Mar 03, 2010 6:03 pm, editado 2 vez(es)

Regiane Batista

Mensagens : 5
Data de inscrição : 23/02/2010
Idade : 40

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Síntese do Artigo: Sobre Psicologia Organizacional e Gestão por Competência: Um enfoque comportamental de Eduardo Alencar

Mensagem  Renata Moreira em Seg Mar 01, 2010 11:33 am

A Administração de Recursos Humanos é adotada pelas organizações visando sua sobrevivência no mercado competitivo, gerenciar o capital humano e produtos de bens e consumos.
Está ciência visualiza o homem por diversas esferas: civil, trabalhista, antropológica, sociológica, filosófica e psicológica, focada no trabalho de Eduardo Alencar.
Outrora, administrar uma organização era focar em produtos como o dinheiro, materiais, equipamentos, tecnologia, vendas e pessoas, para atingir seus fins econômicos, ou seja, o capital humano que hoje é visto como bem importante das empresas, não tinha esse valor até pouco tempo atrás.
Com a evolução dos recursos humanos, e contribuição da Psicologia Organizacional na qual vários enfoques são relevantes, como Psicanálise, Gestalt, teorias da Personalidade, da teoria de Campo, das teorias da Motivação Humana e do Behaviorismo comportamentalista (focado no artigo), visando melhor bem – estar no local de trabalho propiciando o alcance de metas da organização e desenvolvimento profissional, principalmente de um grupo.
Como citado no artigo, o próprio Skinner (2000) afirma que, “o industrial que deseja seus empregados trabalhando de acordo com suas especificações, sem absenteísmo precisa certificar-se de que o comportamento deles estejam sendo reforçados convenientemente, não somente com salários, mas com adequadas condições de trabalho”.
A Gestão de Competências, ferramenta utilizada em recursos Humanos através de observação de comportamentos, visa a obtenção de metas com velocidade e inovação que exige o mercado tecnológico, ao mesmo tempo atendendo as realizações pessoais e subjetivas dos membros da organização.Todos saem ganhando.
Aproveito para apreciar a síntese da Suziane (primeira pessoa a postar neste tópico) onde em poucas palavras conseguiu abordar o assunto.Suas ponderações foram interessantes, principalmente sua afirmação final: “O melhor resultado é quando empresa e funcionários andam juntos para o sucesso da empresa e um funcionário satisfeito com o seu serviço e suas gratificações recebidas pelo seu desempenho.”.
Renata Moreira RA:188713
avatar
Renata Moreira

Mensagens : 4
Data de inscrição : 22/02/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Síntese do Artigo: Sobre Psicologia Organizacional e Gestão por Competência: Um enfoque comportamental de Eduardo Alencar

Mensagem  thayana ramalho bueno em Qua Mar 03, 2010 4:34 pm

Entendi que o comportamento organizacional e aquele que compreende o individuo ou em grupo no campo de trabalho.É que como o homem nasce ,cresce e desenvolvem assim na organização quer dizer que cada pessoa dentro de uma organização passa por esse processo.No comportamento procura explicar as atitudes,a liderança,o poder,os conflitos.Esta para ajudar a organização a entender melhor os funcionários o que necessitam para atingir suas metas no trabalho, as dificuldades, a aprendizagem, a motivar,atitude,os processos de mudanças.

thayana ramalho bueno

Mensagens : 4
Data de inscrição : 25/02/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Síntese do Artigo: Sobre Psicologia Organizacional e Gestão por Competência: Um enfoque comportamental de Eduardo Alencar

Mensagem  Laryssa Moura em Qui Mar 04, 2010 5:31 pm

[justify][justify]A Psicologia organizacional tem se tornado cada vez mais essencial nas empresas. Estas estão valorizando cada vez mais o capital humano, fazendo com que cada um de seus fincionarios se sinta único, parte da empresa, peça chave para que essa se desenvolva e caminhe harmonicamente. A busca incessante por resultados exige essa atitude. Antes o funcionário era visto como preguiçoso e que necessitava ser pressionado, era administrado como objeto. Também é fato que as pessoas são resistentes à mudanças, mas isso da-se pelo fato de termos sido “ensinados” a agir assim. Mas com o tempo foi visto que não é assim e finalmente foram administrados como pessoas, não como maquinas e com o tempo, com a ferramenta certa consegue-se que esse quadro seja revertido.
Este modo de ver cada funcionário é importantíssimo, tanto quanto a motivação dos funcionários. Esta está em cada um, basta apenas identificá-la para atingir o resultado esperado. Tendo isso em vista empresa e funcionário tornam-se um só e atingem aos objetivos de ambos.

Laryssa Moura

Mensagens : 3
Data de inscrição : 20/02/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Psicologia Organizacional e gestão por competência: um enfoque comportamental

Mensagem  Geicyanne em Sex Mar 05, 2010 7:08 am

A Psicologia Organizacional estuda os fenômenos psicológicos presentes nas organizações. atua sobre os problemas organizacionais ligados à gestão de recursos humanos ou gestão de pessoas. está ligada a empresas atualmente, seja no bem-estar de cada um dos colaboradores, até mesmo nas emoções geradas num ambiente de trabalho. A gestão por competência envolve ações que englobam desde a seleção até o treinamento, a remuneração e a avaliaão do desempenho. Pode ser definida como um processo fundamentado de três partes básicas: atração, manutenção e aperfeiçoamento constante dos profissionais, influenciando os resultados da empresa de forma positiva. A gestão por competência resulta em satisfação dos empregados, retenção de talentos e impacto positivo na imagem da empresa.
No texto de Eduardo Alencar, Chiavenato afirma que as pessoas passam a maior parte do tempo trabalhando nas organizações(...) e isso de fato é verdade, hoje em dia existe muitos colaboradores dedicando o maior tempo de sua vida para as organizações em busca de competência, reconhecimento, e resultados positivos. E não conseguem trabalhar sozinhos. Uma vez que a produção de bens e serviços não podem ser realizadas por sujeitos que atuam sozinhos, com isto, o agrupamento de pessoas, acaba por presenciar os avanços tecnológicos no processo de industrialização de desenvolvimento organizacional das empresas em que trabalham. Concordo também na visão de Mota, “... a evolução das ferramentas de RH atendem as necessidades de um determinado contexto econômico, histórico e social e organizacional, porém embasada na teoria do behaviorismo, os processos de crescimento e desenvolvimento organizacional e conseqüentemente de pessoas, está vinculado as relações/ interações entre administração – colaboradores, um consequenciando o outro o tempo todo, como se os meus comportamentos estivessem entrelaçados para a execução dos objetivos organizacionais.” Ele citou realmente a verdade.
O industrial que deseja seus empregados trabalhando de acordo com suas especificações, precisa certificar-se de que o comportamento deles estejam sendo reforçados convenientemente, não somente com salários, mas com adequadas condições de trabalho.

Geicyanne Nunes
RA: 169290

Geicyanne

Mensagens : 3
Data de inscrição : 25/02/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

SOBRE PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL E GESTÃO POR COMPETENCIA

Mensagem  meire monteiro em Sex Mar 05, 2010 7:29 am

Com o crescimento das organizações, começa-se perceber a necessidade de valorização do trabalhador dentro da organização, pois ele é um colaborador e não mais uma simples ferramenta de trabalho,pois até então, era assim que se tratava o trabalhador.Com esse crescimento das organizções,mudou-se a visão come relação a esse trabalhador e as empresas perceberam a necessidade de adequação, pois como ela se tornou mais complexa, consequentemente, aumentou também o numero de trabalhadores que apresentavam personalidades diferenciadas e que deveriam ser tratados de acordo com suas potencialidades ou dificuldades.Assim houve um avanço com relação ao trabalhador dentro da empresa, que passou a ser mais valorizado, recebeu incentivos na sua carreira e até hoje ainda precisa lutar para ter potencial valorizado dentro da organização. Porém, em comparação ao passado, hoje esse trabalhador passou a ser visto como parte da organização e deve estar sempre buscando seu espaço e valor para que se sinta parte da organização, seja através de planos de carreira e salários, incentivos de produção, lazer,etc.
Nesse sentido, a psicologia organizacional, surgiu trazendo grandes inovações para a administração dos recursos humanos dentro das organizações, para que possam fomentar o potencial do trabalhador, para que assim ele possa colaborar no crescimento delas e também do próprio trabalhdor.

meire monteiro

Mensagens : 2
Data de inscrição : 03/03/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Síntese do Artigo: Sobre Psicologia Organizacional e Gestão por Competência: Um enfoque comportamental de Eduardo Alencar

Mensagem  meire monteiro em Sex Mar 05, 2010 7:39 am

A colocação da Geicyane, foi bastante sintetica e englobou todos os topicos , quando foi tratada a questão do trataento em relação ao trabalhador, para que e torne realmente um colaborador precisa ser visto com um ser com necessidades que precisam ser consideradas.

meire monteiro

Mensagens : 2
Data de inscrição : 03/03/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Síntese do Artigo: Sobre Psicologia Organizacional e Gestão por Competência: Um enfoque comportamental de Eduardo Alencar

Mensagem  edenilza em Sex Mar 05, 2010 8:52 am

O homem é um ser social, está sempre socializando dentro de organizações sendo ela escolas, empresas públicas e privadas etc. Cada vez o homem evolui na maneira de agir e de pensar fazendo com que aumente as suas necessidades e moldando as exigências das organizações.
As organizações perceberam que precisam se aprofundar mais na análise do comportamento de seus funcionários, nas consequências que cada acontecimento, seja ele interno ou externo, para saber qual a dimensão do problema dentro da organização e assim, conseguir se manter e/ou se expandir no mercado que cada vez mais se torma competitvo.
Várias foram as contribuições da Psicologia Organizacional no desenvolvimento do mundo que, necessitando de mudanças que possibilitassem o avanço das organizações no pensar sobre seu modo de atuação, ampliou o leque de opções e podemos ver qual a melhor forma de lidarmos com o desenolvimento que acontece a todo tempo.
Hoje para as organizções, o capital humano é o fator principal, ela prefere investir muito mais em RH pois sabe que para um bom funcionamento, as relações tanto interna como externas devem ser ótimas, os funcionários devem ter capacidades variadas e estar satisfeitos e felizes no seu desempenhar de funções no decorrer de sua vida, seja ela dentro ou fora da organização.

edenilza

Mensagens : 6
Data de inscrição : 26/02/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Respota à Síntese de Geycianne

Mensagem  edenilza em Sex Mar 05, 2010 8:57 am

Concordo com a síntese da Geycianne, pois fala sobre tudo o que eu penso e postei.

edenilza

Mensagens : 6
Data de inscrição : 26/02/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Síntese do Artigo: Sobre Psicologia Organizacional e Gestão por Competência: Um enfoque comportamental de Eduardo Alencar

Mensagem  marilza em Sex Mar 05, 2010 10:16 am

A empresa cada vez mais tem maior, exigencia com o seu crescimento para poder exigir das pessoas principalmente, dos seus gerentes em maneira que tem a contratação, diferentes ditos atualizados na gestão para atender a demanda que a grande organizações parece estar na administração de empresa dando a está diversas dimensões psicológicas que existe na area do trabalho de cada uma das pessoas.
Pois o gerentes atualmente, são levantados ás situação complexas que exigem habilidades de maneira geral que fazem a parte a contratação das pessoas, para a realização no mercado de trabalho contudo tem a capacidade de apreender, a empresa atuam o conhecimento em profundidade das características, dos trabalhadores em sua area. A pessoa busca uma maior consciência sobre si, e outro mundo tem maior probabilidade de perceber as situação e de relacionar, diferentemente daquela que se comporta. Pois uma equipe de alto desempenho apresenta caractéritica distintivas, em termos de experiência e conhecimento são aproveitados de forma que nos resultados e desempenho final.

marilza

Mensagens : 4
Data de inscrição : 26/02/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Síntese do Artigo: Sobre Psicologia Organizacional e Gestão por Competência: Um enfoque comportamental de Eduardo Alencar

Mensagem  marilza em Sex Mar 05, 2010 10:35 am

Com a explicação que a renata resaltou sobre a psicológia do trabalho foi colocado muitos ites que são citados e importantes.

marilza

Mensagens : 4
Data de inscrição : 26/02/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Psicologia Organizacional e gestão por competência: um enfoque comportamental

Mensagem  Mickenny Nazário Monaco em Sex Mar 05, 2010 12:05 pm

"Os trabalhadores passam a maior parte da sua vida trabalhando, as vezes não tem nem tempo para acompanhar o crescimento dos seus filhos, etc. Quanto mais aumenta o número de pessoas, maior vai ser o número de organizações, porque as pessoas vão consumir mais, e assim surgiu a Administração de Recursos Humanos, com a necessidade da sobrevivência das organizações" Chiavento (1983).
A psicologia é utilizada no dia-a-dia de cada trabalhador, para analisar o seu comportamento. Para que o sucesso aconteça dentro da empresa, todos tem que caminhar juntos, os trabalhadores tem que estar satisfeito com o seu trabalho, os patrões tem que motivar o empregado. Aumentar apenas o salário não vai ser motivador para que a empresa alcance o seu quadro de funcionários.

Eu concordo com a síntese da Suziane

Mickenny Nazário Monaco

Mensagens : 3
Data de inscrição : 25/02/2010
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Psicologia Organozacional e Gestão por Competência

Mensagem  Elizaeth lima em Sex Mar 05, 2010 1:35 pm

Síntese do Artigo: Sobre Psicologia Organizacional e Gestão por Competência: Um enfoque comportamental de Eduardo Alencar

Em minha síntese sobre Psicologia Organizacional e Gestão por Competência, entendi que é o estudo do ser humano na organização,tanto individual como grupal, ou seja, o comportamento dele mesmo e com os demais, afinal, estamos sempre nos adaptando as mudanças que sempre aparecem e estão ao nosso redor. Sem contar que a Psicologia Organizacional vai muito além de somente estudar, treinar, selecionar pessoas e profissionais para a empresa, ela reforça o estímulo por motivação que as vezes não é somente salário, até porque cada pessoa tem motivação diferente como: flexibilidade de horário, elogios, planos de cargos, entre outros. Na Gestão de Competência, quanto mais o profissional ou colaborador for ou tiver competência será retribuido, ou seja, ele se torna parceiro da empresa onde acaba aquele lado operacional para dar espaço ao lado consultivo onde o remediativo dá lugar ao lado preventivo. Hoje esse tipo de competência se destaca como “ personalidade”, e é muito valorizado, são essas pessoas com atitudes e dimanismo que precisamos para fazer a diferença.
avatar
Elizaeth lima

Mensagens : 5
Data de inscrição : 24/02/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Síntese da Thayana

Mensagem  Elizaeth lima em Sex Mar 05, 2010 1:53 pm

Síntese sobre Psicologia Organizacional e Gestão por Comportamento: um enfoque comportamental por Eduardo Alencar

Concordo com a síntese da Thayana, pois somos parte de uma organização, e o comportamento organizacional compreende o individuo grupal ou individualmente.
avatar
Elizaeth lima

Mensagens : 5
Data de inscrição : 24/02/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Psicologia Organizacional e Gestão por Competência: Um enfoque Comportamental de Eduardo Alencar

Mensagem  Cristiane Campos em Sex Mar 05, 2010 3:11 pm

O texto de Eduardo Alencar inicia-se enfatizando a importância e preocupação das empresas em adaptar-se e manter-se no mercado tão competitivo. A gestão de pessoas por competência e a psicologia organizacional vem contribuir para uma análise, estudo e desenvolvimento de novas técnicas. Juntamente com vários autores, relacionam e descrevem o fator humano dentro das organizações, e seu papel em relação ao serviço prestado.
O Behaviorismo tem dado sua contribuição em várias áreas, inclusive inserindo técnicas de treinamento de empresas; a análise experimental do comportamento pode nos auxiliar a descrever nossos comportamentos em qualquer situação, nos ajudando a modificá-los.
Adotando medidas, calculando riscos, inserindo métodos e técnicas, mudando paradigmas é que são alcançados objetivos não só para a empresa, mas, para o colaborador tornando-o mais motivado e qualificado para desempenhar sua função.

Cristiane Campos

Cristiane Campos

Mensagens : 2
Data de inscrição : 24/02/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Síntese do Artigo: Sobre Psicologia Organizacional e Gestão por Competência: Um enfoque comportamental de Eduardo Alencar

Mensagem  Regiane Batista em Sex Mar 05, 2010 8:26 pm

Cristiane Campos escreveu:O texto de Eduardo Alencar inicia-se enfatizando a importância e preocupação das empresas em adaptar-se e manter-se no mercado tão competitivo. A gestão de pessoas por competência e a psicologia organizacional vem contribuir para uma análise, estudo e desenvolvimento de novas técnicas. Juntamente com vários autores, relacionam e descrevem o fator humano dentro das organizações, e seu papel em relação ao serviço prestado.
O Behaviorismo tem dado sua contribuição em várias áreas, inclusive inserindo técnicas de treinamento de empresas; a análise experimental do comportamento pode nos auxiliar a descrever nossos comportamentos em qualquer situação, nos ajudando a modificá-los.
Adotando medidas, calculando riscos, inserindo métodos e técnicas, mudando paradigmas é que são alcançados objetivos não só para a empresa, mas, para o colaborador tornando-o mais motivado e qualificado para desempenhar sua função.

Cristiane Campos

Muito bem colocado, Cristiane, principalmente a questão do treinamento e qualificação. Concordo com você, haja vista que esses processos contribuem para o crescimento profissional do colaborador impactando nos resultados da organização.

Regiane Batista

Regiane Batista

Mensagens : 5
Data de inscrição : 23/02/2010
Idade : 40

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Síntese do Artigo: Sobre Psicologia Organizacional e Gestão por Competência: Um enfoque comportamental de Eduardo Alencar

Mensagem  suzianebcb em Sab Mar 06, 2010 7:09 am

Mickenny Nazário Monaco escreveu:"Os trabalhadores passam a maior parte da sua vida trabalhando, as vezes não tem nem tempo para acompanhar o crescimento dos seus filhos, etc. Quanto mais aumenta o número de pessoas, maior vai ser o número de organizações, porque as pessoas vão consumir mais, e assim surgiu a Administração de Recursos Humanos, com a necessidade da sobrevivência das organizações" Chiavento (1983).
A psicologia é utilizada no dia-a-dia de cada trabalhador, para analisar o seu comportamento. Para que o sucesso aconteça dentro da empresa, todos tem que caminhar juntos, os trabalhadores tem que estar satisfeito com o seu trabalho, os patrões tem que motivar o empregado. Aumentar apenas o salário não vai ser motivador para que a empresa alcance o seu quadro de funcionários.

Eu concordo com a síntese da Suziane


Concordo com a Mickenny, ela teve uma otima percepção do texto e em poucas palavras explicou seu entendimento. bom

suzianebcb

Mensagens : 6
Data de inscrição : 27/02/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Síntese do Artigo: Sobre Psicologia Organizacional e Gestão por Competência: Um enfoque comportamental de Eduardo Alencar

Mensagem  karen suzani guerrero nog em Dom Mar 14, 2010 4:29 pm

Psicologia Organizacional e Gestão por Competência

Tendo em vista a sustentabilidade e crescimento, diante de um programa de constantes mudanças e tranformações no mundo globalizado, é uma tendência das organizações a elaboração de estratégias inovadoras na administração de seus recursos humanos.
O estudo e aplicação da Psicologia dentro da organização é um dos recursos que contribuem para o sucesso da Administração Organizacional.
Para que a organização represente um corpo sólido e harmonioso deve ser antes analisado como um grupo de indivíduos com diferentes características e interesses. A compreensão das dimensões do ser humano e sua relação com outros seres humanos e com o mundo é uma das idéias presentes nas teorias quer coordenam as novas práticas de recursos humanos. A ciência do comportamento enraizada no Behaviorismo evidencia que para a obtenção dos resultados esperados por uma organização está ligada ao gerenciamento de comportamentos dos componentes da mesma e para isso deve-se indentificar e trabalhar com as variáveis que influenciam o comportamento organizacional.
A Gestão por competências é outra ferramenta utilizada por profissionais de recursos humanos onde um mapeamento de competências dos colaboradores identifica quais competências são favoráveis ao seu crescimento e da organização, bem como quais competências desejáveis necessitam ser trabalhadas, qualificando-os e desenvolvendo seu potencial de acordo com os objetivos da empresa, por exemplo, e para sua satisfação pessoal.
Desta maneira o sucesso alcançado pelas práticas de Administração de recursos humanos por meio do gerenciamento de competências e da análise comportamental evidenciam a importância da Psicologia Organizacional.

karen suzani guerrero nog

Mensagens : 5
Data de inscrição : 12/03/2010
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Síntese do Artigo: Sobre Psicologia Organizacional e Gestão por Competência: Um enfoque comportamental de Eduardo Alencar

Mensagem  EDY em Qui Mar 18, 2010 6:48 pm

HOJE O MERCADO DE TRABALHO VEM OCRRENDO CONSTANTES MUDANÇAS DEVIDO AS EXIGENCIAS IMPOSTAS PELA CRESCENTE COMPETITIVIDADE, SOLICITANDO AOS PROFICIONAIS INDEPENDENTE A SUA FORMAÇAO POR SER UMA ATUAÇAO PAUTADAS EM COMPETENCIAS TECNICAS, MAIS PRINCIPALMENTE COMPORTAMENTAIS, ONDE VISA AUXILIAR EMPRESAS QUE TEM OBJETIVOS, TRABALHANDO COM PESSOAS NECESSITADAS DE CONHECIMENTOS CONSTANTES, AJUDA NO RACIOCINIO MENTAL, FISICO E EPIRITUAL E PRINCIPALMENTE SE TRATANDO DE EQUIPES QUE DEPENDEM DE TODOS TRABALHAR UNIDOS COM O MESMO PROPOSITO. NEM TOADS EMPRESAS TEM A MESMA PREOCUPAÇAO ATE MESMO HOJE EM DIA, EXISTEM PATROES QUE VISAO SOMENTE EM LUCRO OU SEJA, AQUELES QUE SO MANDAM NOS FUNCIONARIOAS E PRONTO. A PSICOLOGIA VEM EVOLUINDO RAPIDAMENTE NO CAMPO TEORICO DE APLICAÇAO REFERENTE A GESTAO DE RECURSOS HUMANOS, MAIS PODEMOS PERCEBER QUE SOMENTE EMPRESAS GRANDES ADOTAM AO RECURSO, CAPACITAR FUNCIONARIOS, DESEMPENHAR HABILIDADES,DESENVOLVER COMPETENCIAS EXISTE SOMENTES PARA ELAS, PORQUE PERCEBEMOS QUE ESSAS EMPRESAS QUE TEM A COMPETITIVIDADE. DESCORDO COM A EMPREAS QUE TOMAM ESSES METODOS, POIS ACHO QUE TODO FUNCIONARIO DEVE EXECUTAR ATIVIDADES COM VONTADE DE CRESCER, TENDO APOIO, INSENTIVO, RECURSOS, TUDO QUE UM SER HUMANO MERECE PARA TER BONS RESUTADOS DENTRO DA AREA PROFISSIONAL!

EDY

Mensagens : 4
Data de inscrição : 12/03/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

SINTSE

Mensagem  Graci em Sab Mar 20, 2010 11:28 am

Síntese referente ao texto: sobre Psicologia Organizacional e Gestão por competência
ACADÊMICA: Gracielle Franco de Moraes RA: 181944

A partir das constituições de Sidman [{2003}, Skinner {200}, Alencar {2007} abordam o comportamento apartir de conceitos analisados visando o gerenciamento do comportamento organizacional, não observando apenas os de liderança, dinamismo e comunicação, mas também os que antecedem tais comportamentos suas respectivas conseqüências e respostas.
AS motivações grupais e individuais servem para o desenvolvimento pessoal e obtenção de objetivos organizacional.Partindo de que a responsabilidade dos recursos e da administração ,o sujeito não é resistente por natureza ,ou seja,ele adquire como forma de resposta a determinados estímulos.
Contudo essas respostas atendem as parcela de recursos,resultados e qualidades,tudo depende da organização ao qual um determinado grupo está se comportando em frente a obstáculos que visam deteriorar ou qualificar determinados recursos .O bem estar de uma empresa depende de como está a organizada desde o menor até ao maior ,pois para manter uma empresa em um funcionamento perfeito é necessário que todos as engrenagens estejam funcionando corretamente.

Graci

Mensagens : 3
Data de inscrição : 25/02/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

psicologia organizacional e gestão por competência

Mensagem  rosiane2 em Sab Mar 20, 2010 1:52 pm

A pisicologia organizacional e a gestão por competência , junto interage no meio de se relacionar com o funcionário daquela empresa ou organização estabelece ver se aquele cargo daquela empresa estabaelece a ele ou não. A pisicologia é importante nas organizações , porque , ela atua na area do trabalho, ajudando o empregado a intergir mais,a evitar meios que causa , coisas constrangedora, dando assim a eficácia a empresa e a ele mesmo, crescimento a si próprio,e a empresa onde vai exerce o cargo estabelecido e sabendo lidar com as pessoas.Tudo isso melhora seu bom desempenho e ajuda a empresa a crescer, buscando novos resultados e inovando mais e mais .

rosiane2

Mensagens : 5
Data de inscrição : 12/03/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

psicologia organizacional e gestão por competência

Mensagem  simone28 em Sab Mar 20, 2010 11:46 pm

Bom a psicologia organizacional e gestão por competência,hoje em dia é como se fosse uma pesquisa realizada no ambiente de trabalho.Também inclui a aplicação dos príncipios e das descobertas obtidas nas pesquisas.Os psicologos não lidam diretamente com os problemas emocionais ou pessoais dos funcionários, está atividade pertence ao domínio da psicologia clínica.Pode também recomendar a contratação ou o encaminhamento do funcionário para o psicologo clinico para auxiliá-lo em problemas comuns.Com isso a competência vem aumentando e identificando as competências explícitas e implícitas e reconhecer as fraquezas e fragilidades para a execução de determinadas funções no mundo empresarial.E trabalhar sempre em grupo,sempre inovando as mais novas ideias para a empresa.Gestão de recursos humanos, por este meio conseguimos desenvolver os colaboradores, permitindo aos mesmos que estejam bem cientes das suas potencialidades, fraquezas e que caminhos deverão traçar para que possam ter uma aprendizagem contínua dentro de uma empresa, havendo uma optimização dos seus recursos técnicos e emocionais.Para que possa ser um profissional convicto e confiante na empresa.

simone28

Mensagens : 3
Data de inscrição : 15/03/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sobre Psicologia Organizacional e Gestão por Competências: Um Enfoque Comportamental.

Mensagem  Danielle Rodrigues em Qui Abr 01, 2010 6:41 pm

Com novas atualizações no mercado de trabalho, nos deparamos com um novo modelo de gestão, uma ferramenta de produção, gerenciar pessoas. Visando compreender o comportamento organizacional, para que os resultados sejam positivos, tanto para a organização, quanto para os funcionários.
A todo momento percebe-se que RH é o fundamento para que ambas as partes sejam beneficiadas. Dessa maneira é preciso selecionar, capacitar e adequar o meio de produção.
Segundo Chiavenato (1983), nasce a Administração de Recursos Humanos..., afim de gerenciar recursos a produção de bens e consumo que retroagem em lucratividade para a organização, mantendo-a viva neste contexto econômico capitalista, globalizado e tecnológico.
Conforme Chiavenato (1983), afirma que com o avanço das ciências, a administração de RH mesmo englobando diversas ciências, ela se instala na ciência da Administração de Empresas, dando a esta diversas dimensões sobre o que é ser humano, ou seja, desde dimensões jurídicas, dimensões sociais até dimensões psicológicas.
A importância da psicologia organizacional se dá devido a compreensão dos comportamentos individuais e dos grupos dentro da organização. De acordo com Toledo (1986), Psicologia Organizacional é o estudo do fator humano na organização. Este estudo abrange a atração, retenção, treinamento e motivação dos recursos humanos na empresa, assim coma a criação de condições organizacionais de trabalho e sistemas de recompensa(...) que auxiliam na criação de clima propício para que funcionários possam atingir suas metas de trabalho e desenvolvimento profissional.
Tudo isso conclui que psicologia dentro do comportamento de uma organização, influencia para que os indivíduos sejam motivados e aprendam a conviver entre si e assim melhorar sua vida profissional proporcionando sucesso para ambos.

Danielle Rodrigues

Mensagens : 4
Data de inscrição : 06/03/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Síntese do Artigo: Sobre Psicologia Organizacional e Gestão por Competência: Um enfoque comportamental de Eduardo Alencar

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum